Uma sopa cor-de-rosa e com flores

Já imaginaram oferecer esta sopa às meninas pequeninas?
Foi mesmo com essa intenção que pensei nesta sopa. Decidi fazer uma sopa mesmo para a mini aqui de casa. Uma sopa que fosse o mais feminina possível. E correu mesmo bem. Para além de bonita, deviam ter visto a satisfação dela a comê-la.


Já tinha experimentado um creme de beterraba anteriormente mas não me tinha corrido nada bem. O sabor da beterraba muito intenso não me agrada muito. Eu gosto muito de beterraba mas tem de ser nas quantidades certas. Se for em demasia sabe-me imenso a terra e deixo de apreciar. E então pensei, como fazer a sopa rosa, mas não muito intensa. O segredo é tão somente as quantidades. Ficou mesmo delicioso.

Juntei-lhe flores de coentros. São lindas e muito aromáticas. Foi mais uma razão para a mini delirar com a sopa. Estava a comer flores. Eheh
Os meus coentros estão em flor e começam a espigar. Eu uso-os mesmo assim, porque continuo a gostar do sabor deles, mas até parece funcho na imagem, e a flor para além de linda, é muito aromática e muito saborosa.

Uma sopa fácil de fazer, deliciosa, bonita e faz um belo jantar de domingo.
Acompanhada por um belo pão e um chá gelado de cidreira fizeram do meu serão uma delícia.

Creme de beterraba e flor de coentro

Ingredientes:

1/2 beterraba
3 cebolas pequenas
2 dentes de alho
2 courgettes pequenas
1 fio de azeite extra virgem
sal q.b.
Natas azedas
Coentros q.b.
Flor de coentro q.b.

Preparação:

Numa panela coloque a beterraba, a courgette, os dentes de alho e cubra com água. Deixe ferver e junte o sal e o azeite. deixe cozer muito bem. Depois de estar muito bem cozida moa tudo com a ajuda de uma varinha mágica e reduza a um creme.
Sirva nos pratos de sopa ou malgas. Coloque uma colher de sopa de nata azeda e decore com os coentros e as flores.

É simples, não é?
E, acreditem, é deliciosa.

Uma sopa cor-de-rosa e com flores Comentários
  1. Adoro sopa de beterraba e para mim o sabor pode ser mesmo intenso que não me importo. Mas gostei desta, rosa qb e com flores. Sim, porque eu também sou uma menina (embora já não tão pequenina!)

  2. Ficou linda a tua sopa assim cor-de-rosa avermelhada 🙂 Imagino a alegria da tua Maria ao comer a flor 🙂 Que bem me sabia uma sopa dessas hoje.. porque raio moras tão longe!

  3. Olá Maria,

    e certamente que a mãe da princesa delirou ao ver a filhota a comer uma sopinha não muito usual.
    Acho que a forma como cozinhamos reflecte os gostos alimentares das crianças, muitas das vezes basta um pequeno pormenor para que eles comam legumes e fruta, neste caso a cor é a grande aposta.
    Ficou linda e parece bem aveludada, e com o aroma dos coentros deve ser ainda mais deliciosa, também gosto de usar beterraba mas quando é em demasia já não é para mim.

    beijinhos

  4. Olá Maria João,

    Antes de mais, muitos parabéns pelo blog (que sigo assiduamente e adoro), apesar de não ter o hábito de comentar! 🙂
    Será que essa sopa fica boa sem as natas? Eu adoro beterraba, mas a minha mini é intolerante à proteina do leite de vaca (e tb ao leite de cabra, ovelha e soja)! Comemos sempre sopa às refeições, mas às vezes sinto-me sem inspiração e esta pareceu-me uma excelente ideia! 🙂

    Um beijinho e obrigada

  5. Que cor linda mesmo!
    A mini só pode ter adorado uma sopa para princesas 🙂
    Eu adoro beterraba, mesmo com sabor intenso, e adoro usar flores na comida, ainda a semana passada usei e ficou perfeito, é a primavera num prato.
    Um beijinho.

  6. Olá Clavel,
    Adorei a cor da tua sopa e as flores e até imagino a alegria da Maria a comê-la, sendo cor de rosa que as meninas adoram e com flores…
    Sou como tu, adoro beterraba mas se sabe a terra já não passa e a mistura de ingredientes a balançá-la é importante.
    Beijinhos grandes e continuação de bom fim de semana,
    Lia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *