1, 2, 3 uma colher de cada vez…

No dia do bebé teria de vos trazer o livro que mais usei quando a minha mini era bebé. Este livro que vos trago hoje foi, para mim, uma bíblia muito importante. Ajudou-me a variar e a introduzir alimentos e sabores que normalmente naquela época eu não iria saber sozinha. A introdução dos alimentos nos bebés é algo que se tem de fazer gradualmente, pelo perigo de intolerâncias alimentares. Aqui, os autores João Breda e Maria Antónia Peças (com a supervisão da pediatra Drª Carla Rego), ajudam-nos a planificar as refeições e ainda nos brindam com tabelas pormenorizadas de todas as etapas dos nossos bebés, desde os 4 meses aos 3 anos.

Tem uma grande variedade de cremes, papas, sopas, frutas… com este livro não têm razões para estar a oferecer ao vosso bebé sempre a mesma sopa e a mesma papa. Não se esqueçam que a educação do palato começa exactamente aí, logo desde bebés. Para além disso, nós nascemos sem preconceitos e sem filtros. Muitas vezes a primeira reacção que os bebés têm é de fazer cara feia e cuspir. É normal, é natural que isso aconteça. O que não significa que não gostem. Como lhes é estranho vão ter essa reacção e nós pais temos de insistir. Voltar a dar-lhes mais uma e outra colher. Eles vão acabar por gostar e comer a sopa toda.

De uma forma geral acho este livro muito bom, um excelente guia para os recém papás e mamãs. Tenho é pena que tudo o que envolva a alimentação infantil tenha poucos apoios. O livro está esgotado em quase todo o lado e é muito caro. Ou melhor, eu não o acho caro se pensarmos na pesquisa enorme que os autores tiveram de fazer. No trabalho profundo em relação às tabelas e afins. Acho muito dinheiro para as famílias portuguesas e, ainda por cima, o design do livro deixa muito a desejar. Infelizmente nota-se que não houve um grande designer por trás da execução do livro, a fonte comic sans abunda, como quase sempre acontece quando se vê trabalhos dedicados a crianças. É algo que a minha alma de designer não entende. Acho, também, que fazem falta imagens das receitas, boas fotografias. As ilustrações são engraçadas, mas a certa altura cansam. Para além disso, esquecem-se que quem utiliza o livro são os pais e não os bebés, por isso nós adultos apreciamos umas boas ilustrações, mas em q.b.. Não estamos à espera de sermos tratados como um bebé, só porque estamos a falar de bebés. Faz-me recordar quando vejo pais a falarem à bebé para bebés… Não se entende.

Não costumo fazer críticas negativas, mas como disse anteriormente, não podia deixar de referir este problema. Continuo a achar que há muito poucos apoios na área da alimentação infantil, nota-se grande desleixo e não se aproveitam grandes investigadores e criadores como os autores deste livro. A minha crítica recai para as editoras e os meios de comunicação social. Dêem maior importância a estes assuntos, façam crescer estes projectos. Tenho a certeza que toda a gente agradece.

De uma forma geral, se têm bebés aconselho vivamente à compra deste livro.
E hoje, brindemos a todos os bebés. É o dia deles e eles são a coisa mais fofa do mundo.

1, 2, 3 uma colher de cada vez… Comentários
  1. Olá Mª João, não conhecia o livro.Quando o meu "princeso" era pequenino também tive um livro do género, mas emprestado. Esse padecia do mesmo problema, qualidade técnica mas pouca estética!
    Gostei do post e do alerta! Como sempre, um prazer ler esta rúbrica.
    Bjinhos e bom fim-de-semana.

  2. Eu tenho uma questão… nas tabelas que eles têm as sopas mudam todos os dias… mas o aconselhado é manter a mesma sopa (mesmos ingredientes) min 3 dias e só depoiis introduzir outro… como fez?

    1. Olá Anita,

      No início é sim aconselhado a manter a mesma sopa, ou seja os mesmos ingredientes durante 3 dias, para termos a certeza da tolerância aos alimentos. Se não fizermos isso não teremos a certeza qual dos ingredientes poderá ter feito reacção, caso exista.

      Ao longo dos meses, com a introdução já feita, a mudança de dia para dia pode e deve ser aplicada.

      Um beijinho, espero ter ajudado.
      Mª João

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *