Uma salada colorida e divertida e um dia inesquecível

Fui convidada pela associação Aptece para ir à BTL, em Lisboa, dar um workshop a crianças. Como sabem eu adoro crianças, são os nossos melhores críticos e conseguir que eles comam o que acabaram de fazer é uma vitória gigante. E o resultado foi maravilhoso, eles gostaram e as repetições do prato e sobremesa foram muitas.

O dia D foi ontem, dia 16 de Março. Fui super bem recebida, pela turma fabulosa de crianças, pelos seus pais e pelos super competentes organizadores de todo o evento a quem tenho muito que agradecer, ao José Borralho, presidente da associação Aptece, à Patrícia Domingos (também da Aptece) pela paciência, dedicação e extrema simpatia comigo, à Mituxa Jardim, que é um doce de pessoa que teve o trabalhão imenso de conseguir reunir aquele grupo fabuloso, a todos os pais que lá estiveram e, ainda, à Jessica, fotógrafa que cobriu todo o evento e que foi a minha grande ajudante, que para além de disparar aqui e ali, ainda ajudou algumas crianças mais aflitas.
O workshop em si correu lindamente, mas não houve hipótese de fazer esta receita que vos apresento aqui. Não fizemos por uma razão, a BTL abre só às 12h, nós começamos a fazer o workshop às 12:30h, imaginam a fome das crianças? Às 13:30 elas desesperavam de fome, optei por saltar a salada.
Esta receita fez parte do livrinho que eu fiz para levar. O livrinho ficou amoroso, fiquei tão orgulhosa. As pessoas quiseram o livrinho, esgotou quase no imediato. Eu consegui umas meras 8 cópias, foi difícil trazer mais. E por mais que eu queira, não tenho para oferecer. Mas quem sabe, se um dia não se realiza um sonho de vida? 
Mas esta aqui, desta imagem, fi-la aqui em casa. E sabem quem a devorou toda? Claro… adivinharam! A Maria adorou. É deliciosa, o dip é cremoso e mesmo apetitoso. Uma deliciosa, divertida e colorida forma de colocar as crianças a experimentarem os legumes. Nesta salada a minha vitória foi a beterraba, a Maria adorou o facto de ao mergulhar a beterraba no molho ela tingia-o de cor-de-rosa. Às vezes é tão simples pô-los a comer o que na nossa cabeça achamos impossível. Querem experimentar e contar as reacções?

Salada colorida e divertida


O que precisas de ter?

1/2 beterraba
1 cenoura
1 pé de aipo
6 a 8 tomates cereja
1 pedaço de pimento vermelho
1 pedaço de pimento amarelo
Microvegetais Life in a Bag

Para a maionese:

1 ovo
Azeite
Sal
1 ramo de hortelã
1 c. de sopa de ketchup
1 c. de sobremesa de açúcar amarelo

Como deves fazer?

Pede ajuda a um adulto para descascar e cortar os legumes em “palitos”.

Faz a maionese, coloca o ovo inteiro no copo da varinha mágica. Junta o sal, o ramo de hortelã, o açúcar e o ketchup. Coloca o cabo da varinha mágica e cobre-o com azeite até tapar a parte redonda. Junte 1 colher de sopa de vinagre branco. Liga a varinha mágica e não a levantes dirante 2 minutos sempre a bater. Quando a maionese começar a ficar montada, levanta a varinha duas vezes, sempre com muito cuidado e calmamente.

Come os legumes mergulhados na maionese.

Uma salada colorida e divertida e um dia inesquecível Comentários
  1. Concordo consigo: o paladar educa-se e é possível fazer as crianças comerem legumes. O que é preciso é não cair na rotina e monotonia culinária (eu sei que às vezes é difícil). A salada parece deliciosa 🙂

  2. Adorei a receita! A maneira como explicas o modo de fazer a maionese, parece tão simples e tão útil. Tento usar vegetais e fruta sempre que posso. Também concordo que temos que educar o paladar e gostarmos de experimentar coisas novas,quer sejam ingredientes ou a maneira como os preparamos, tb ajuda. 🙂

  3. Tive pena de não poder participar 😟
    Ficará para a próxima😉
    Esta saladinha linda, acho que até a minha filhota, inimiga de saladas, comia 😍
    E os garfinhos… Tão QUERIDOS 💚 de onde são?
    Beijinhos e parabéns 😉

    CláudiaV

  4. Bom dia Clavel,
    Do que fui vendo no instagram e do que leio deste teu post, é fácil de concluir (e por isso mesmo, desde já te deixo os meus sinceros parabéns), o quão dedicada tu és aos projectos em que te envolves. Sim, tu não elaboras uns "pratitos" para apresentar nos ws. Tu elaboras uma ementa, com direito a livrinho, histórias para as crianças e tudo pensado com rigor, dedicação, bom gosto e esmero e isso são algumas das características que tenho vindo a observar em ti desde que comecei a ler o teu cantinho. Parabéns mais uma vez!!
    Quanto à tua salada colorida e apetitosa, a minha Lily que adora legumes e vegetais, ficaria deliciada com essa saladinha à frente, por isso não admira que a tua Maria o tenha ficado também!
    Beijinhos,
    Lia.

  5. Olá!
    É tão bom trabalhar com crianças e com workshops destes é mais fácil fazê-los apreciar os vegetais. A salada está linda e apetece mesmo devorá-la!
    Parabéns pelo excelente trabalho!
    beijinhos

  6. Olá!
    É tão bom trabalhar com crianças e com workshops destes é mais fácil fazê-los apreciar os vegetais. A salada está linda e apetece mesmo devorá-la!
    Parabéns pelo excelente trabalho!
    beijinhos

  7. Que linda a salada, nem é preciso ser criança paar apetecer brincar com estas cores e sabores.
    Acho que sim, as crianças vão adorar "dipar"!
    E pelo que vi foi mesmo um sucesso, tudo feito com amor e dedicação, com trabalho e bem feito, o livrinho super amoroso até eu o queria!
    Um beijinho.

  8. Que linda salada!

    Há uns dias, em casa de amigos, serviram-nos uma salada semelhante: cenoura, pepino, pimentos e couve-flor cruas e a acompanhar um molho italiano (feito com muito alho e anchovas). Estava divinal!

    ______________________
    Ana Teles | Telita
    blog: Telita na Cozinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *