Bolo da Prima {Molotof de Caramelo} – Receita da Avó Lurdes

As apresentações dispensam-se, quem me segue já conhece bem a Avó Lurdes, o seu jeito imenso para a cozinha e o seu enorme coração. Acredito piamente que o coração de uma boa cozinheira tem de ser grande, pois sem amor nada na cozinha funciona. Para mim a cozinha é amor, e a Avó Lurdes é a personificação disso tudo.

Hoje é um dia muito especial neste blogue. Hoje trago-vos uma receita que fez muito sucesso na época em que a Avó Lurdes vendia bolos para fora. Este doce era um best seller. Os restaurantes pediam às dezenas, e estas duas mãos trabalhavam dia e noite para satisfazer os clientes gulosos. Este bolo não é um bolo qualquer, não é como o tradicional molotof. Acreditem, este bolo é um bolo que faz disparar todas as papilas gustativas, o doce do caramelo e dos ovos moles, a textura esponjosa em contraste com o crocante da amêndoa fazem deste doce pecaminoso subir ao topo dos meus favoritos.

Para além desta receita com que vos brindo, apresento, cheia de orgulho, a minha cozinha. A Clavel’s Kitchen. Que está preparada para vos receber. Com os patrocínios fantásticos da Kueppersbusch (Teka Portugal), DeBorla e Life in a Bag.

Brevemente será anunciado o “programa das festas”, com todos os laboratórios de cozinha e cursos. Preparem-se pois surgirão temas muito interessantes. Para já podem ir vendo como a cozinha está a ficar linda e cheia de alma, não acham?

Façam esta receita, ofereçam a quem amam, e nunca mais serão esquecidos. Esta é daquelas receitas que tem esse poder.

Bolo da Prima {Molotof de Caramelo}

{bolo}
(forma de buraco tamanho 26)

10 claras
160g açúcar 
1c. de sopa de vinagre
Bate-se muito bem as claras e lentamente vai-se juntando o açúcar, a meio do processo junte uma colher de sopa de vinagre.

Enquanto as claras estão a bater faça o caramelo*.
Quando o caramelo estiver pronto, e sempre com a batedeira a trabalhar vá vertendo, lentamente, o caramelo para dentro das claras até o caramelo estar completamente envolvido.

Numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha deita-se a massa e vai ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 12 minutos.

{*caramelo}
180g de açúcar
Para o caramelo não precisa de juntar nada. Basta colocar num tachinho o açúcar e ir mexendo sempre. O açúcar com o calor irá derreter e formar o caramelo (para mim esta é a forma mais simples de se fazer o caramelo e a mais deliciosa).

No final verta os ovos moles** por cima do bolo desenformado e arrefecido. Decore com as amêndoas torradas ralada (cerca de 50g).

{**ovos moles}

125g de açúcar
4 gemas de ovos
Água

Coloque o açúcar num tachinho e cubra com água. Leve ao lume a ferver até fazer ponto de pérola.
Retire do lume, deixe arrefecer.

Coe as gemas antecipadamente. Ajuda a retirar qualquer pedaço de clara mais consistente.
À parte bata as gemas com a ajuda de uma vara de arames. Quando o açúcar estiver meio arrefecido junte-o às gemas envolvendo muito bem. Leve novamente ao lume até engrossarem.
Esta receita é só para quem sabe o que é o amor, não se esqueçam! 🙂
Bolo da Prima {Molotof de Caramelo} – Receita da Avó Lurdes Comentários
  1. É uma ternura a tua avó Lurdes! Está visto que a neta sai à avó na área da cozinha, ambas são inspiradoras!
    Fico ansiosa para saber o programa das festas!
    Um beijinho

  2. A Avó Lurdes é uma riqueza e a tua cozinha está de facto linda, linda, linda. Estou mortinha por ver o plano das festividades 🙂
    Confesso que molotof não é coisa que me apaixone mas tenho uma amiga que é super fã e vou mostrar-lhe esta receita (e a tua cozinha também!)

  3. Parabéns ! Pela receita, pela cozinha que está muito bonita e principalmente pela Avó Lurdes. É um exemplo de vida para todos. Um beijinho muito especial para ela.

    1. Olá Maria Rita,

      As amêndoas entram mesmo no final da receita.
      "No final verta os ovos moles** por cima do bolo desenformado e arrefecido. Decore com as amêndoas torradas ralada (cerca de 50g)."

      Obrigada e beijinhos

  4. Oh pá!! Que riquinha!!! Dá vontade de abraçar a tua Avó Lurdes {ihih, também tenho a minha!!}.
    A tua cozinha está linda, linda! Cheia de alma, como dizes.

    Beijos mil!

  5. Olá Clavel,
    A tua avó Lurdes é linda sim e uma mãos de fada, pois tudo o que sai das mãos dela (do que vi, claro), é lindo e faz-me salivar e ter saudades de casa e da minha avó.
    Eu não sou grande apreciadora de molotof e foquei com vontade de experimentar esta versão.
    Quanto à tua cozinha, está linda, com uma luz fantástica e sim, com alma e muiiiiitoooo bom gosto.
    Que corra tudo bem e muitas felicidades nesse teu projecto.
    Um beijinho,
    Lia

  6. Tenho de experimentar esta receita. A minha avó costumava fazer e eu adorava. Infelizmente essa receita não ficou em papel e ela já não fala, portanto perdi um pedaço de história.

    x

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *