Sopa do campo

E não é que na minha varanda cresceu uma couve galega lindíssima? Para mim foi um mistério, quase um milagre, pois não plantei nada e ela nasceu linda, cheia de força e a pedir para ser consumida. E ontem fiz uma sopa a tentar recordar-me da minha infância.
Vivi 4 anos em Trás-os Montes e tínhamos sempre alimentos 100% biológicos, cultivados pela minha mãe. Um jardim enorme com batatas, cenouras, couves, tomates, alfaces, com tudo o que uma horta caseira deve ter. Tínhamos também um carvalho e uma cerejeira… ai que saudades! E nessa época a minha fazia umas sopas divinais, era feitas no pote de 3 pernas, na lareira da cozinha. Como é óbvio só por isso o sabor era tão característico que será impossível recriá-lo, mas ficou perto, pois segui à risca os passos da minha mãe. E tive a aprovação dela, pois ela esteve cá a almoçar.

• Sopa do Campo •

Ingredientes:

6 folhas de couve galega
2 batatas
1 cebola
2 cenouras
2 dentes de alho
1 couve-flor pequena
20g de courato de presunto (pode substituir por banha ou por courato de bacon)
2 fatias de presunto
20g de azeite virgem
Sal q.b.

Preparação bimby:

Descasque as batatas, as cenouras, a cebola, o alho e parta aos pedaços todos incluido a couve-flor. Coloque no copo juntamente com 800g de água. Junte o sal e o courato.
Cegue a couve galega e coloque na varoma, juntamente com uma pitada de sal e com as fatias de presunto.
Programe 25min/Varoma/vel. colher.
No final pique o que está no copo mas retire o courato. Programe 10seg./vel. 5-7-9.
Junte a couve que está varoma em as fatias de presunto. Regue com um fio de azeite.

Preparação tradicional:

Descasque as batatas, as cenouras, a cebola, o alho e parta aos pedaços todos incluido a couve-flor. Coloque numa panela juntamente com 800g de água. Junte o sal e o courato. Deixe cozer em lume médio. Quando os legumes estiverem cozidos retire o courato e com a ajuda da varinha mágica moa tudo até ficar um creme.
Cegue a couve galega e coloque na panela juntamente com as fatias de presunto e deixe cozer.
Quando estiver cozida retire as fatias de presunto e sirva.
Regue com um fio de azeite.

A minha couve galega na varanda 🙂
Sopa do campo Comentários
    1. Sim, também eu espero 🙂 E é que é mesmo boa e linda. eheheh
      Mas estou a preparar tudo para fazer do canteiro uma mini horta, aí é que vai ser. Mas assim do nada, como mistério soube ainda melhor. Foi um presente muito bem recebido. 🙂

      Beijinhos

  1. Estou maravilhada com a couve!
    O pratinho de sopa até cheira a conforto!

    Tb já vi a tua menina, imagino a alegria dela com o fatinho e a cesta de bolachinhas.
    POr aqui sem crianças, mas já vi a minha mini sobrinha tb mascarada, são dias tão especiais para eles 🙂

    boa semana!
    bjs

  2. Maria João, adorei a receita da sopa. Com este inverno que teima em não se ir embora, é o q apetece mais comer. Só é pena não ter a sorte de, na minha varanda, não aparecerem dessas couves de geração espontânea :)))
    Obrigada pela partilha.
    Beijinhos da Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *