O baptizado e um bolo de citrinos

Este fim-de-semana celebramos o baptizado na nossa mini2, a nossa Margarida. Foi uma cerimónia linda, muito emotiva e com as pessoas que nos são mais queridas. Temos uma família grande e é difícil conseguirmos juntar todos, por isso estes eventos são maravilhosos para conseguirmos isso.
Tudo se conjugou para o o dia ser único e inesquecível. O sol brilhava quentinho e sem uma única núvem, as minhas pequenas estavam muito bem dispostas, as nossas famílias estiveram presentes (quase todos!).

O vestido da Margarida era o vestido que a minha tia e a minha mãe usaram. É um vestido que já tem mais de 65 anos. Passou por nós os 4 (os meus irmãos), pelos meus sobrinhos e agora pela Margarida. A Maria não chegou a usá-lo porque já tinha mais de um ano quando foi baptizada. Cada vez mais gosto destas tradições, acho que estas pequenas coisas ganham um valor sentimental muito giro e o registo fotográfico permite-nos lembrar e dizer: “Olha Margarida, usaste o vestido que era da tua avó, da Bá!”

Claro que sou suspeita, mas depois de o ver lavado e passado a ferro fiquei apaixonada por ele. A Margarida ficou um espanto com ele vestido. Claro que após a cerimónia troquei o vestido e vesti-lhe um vestido, também muito bonito, mas mais confortável, da Natura Pura.

A cerimónia foi maravilhosa, muito emocionante. E saí de lá tranquila e com o sentimento de dever cumprido, de coração cheio e com a certeza de que ofereci à minha bebé os melhores padrinhos do mundo.

Para a decoração das mesas e painel com a numeração e nomes contei com a ajuda fantástica da minha querida amiga Patrícia da Kitschnet. A nossa sintonia é única, não podia ter pedido a mais ninguém, entendemo-nos a 100% e quase que a comunicação podia ser feita por telepatia. Eheheh

O tema foi todo à volta das margaridas. Uma decoração simples, a ir buscar as cores tranquilas: o branco, beje e verde. Tudo muito primaveril e camponês.

Para as ofertas, quis fugir do comum. Quis marcar a data de uma forma diferente, então lembrei-me de criar algo que as pessoas levassem para casa e tivesse alguma utilidade. Como o tema eram as margaridas nada melhor do que as pessoas levarem um pouco da primavera, da cor, do perfume da festa. Então falei com a minha doce parceira Alexandra da Life in a Bag e juntas criamos um growbag de margaridas. Eu personalizei o autocolante com o desenho estilizado de margaridas com a frase “Com amor florescerá esta pequena recordação.” Esta foi a oferta para os adultos. Para as crianças a Maria fez um desenho de margaridas, só em contorno para as crianças pintarem. E, mais uma vez, juntamente com a Life in a Bag, colamos um saquinho de sementes e uns lápis de cor.

O bolo ficou a cargo da fantástica Luisa do No Mundo de Luisa. Não tenho palavras para descrever a amizade que temos construído. A Luisa tem sido uma amiga fantástica, tem-me dado imenso apoio, e por pessoas assim é que faz sentido todo este projecto do blog e da cozinha. O bolo para além de lindo, estava delicioso. De tal forma que desapareceu num ápice. O Miguel e a Maria já não chegaram a tempo de o provar e, por isso, hoje fiz um bolo, mais ou menos idêntico. O da Luisa era mais saboroso, mas pelo menos este já tira as agruras da Maria e do Miguel.

Não podia deixar de partilhar um pouco deste dia convosco, principalmente por poder agradecer publicamente a todas as que me ajudaram a fazer deste dia, um dia único, cheio de pormenores fantásticos. Obrigada Patrícia, Alexandra, Luisa e Brígida. A Brígida foi a fotógrafa que faz verdadeiras reportagens emocionantes, para uma vida inteira. Há uns tempos diziam-me: “As tuas filhas têm muita sorte, vão ter um registo da infância muito lindo!” E é verdade, e muito devo-o a ti Brígida. 🙂

Para terminar este post, partilho convosco a receita deste bolo de citrinos, que brinda a este dia, numa lembrança recente e que servirá para despedida do meu querido irmão, que brevemente irá embarcar de novo para os navios da Princess. Ainda não embarcaste e já choro de saudades…

Bolo de citrinos com cobertura de mascarpone
(A receita do bolo é adaptada desta da Teresa do Lume Brando)

Ingredientes para o bolo:

250 g de manteiga sem sal amolecida
250 g de açúcar
250 de farinha com fermento
4 ovos
2 colheres de sopa de leite
Raspa de 1 limão e 2 limas

Compota de laranja
Ingredientes para a cobertura:
250g de mascarpone
4 colheres de sopa de açúcar em pó
Sumo de uma lima
Sementes de 1/2 vagem de baunilha
Preparação do bolo:
Pré-aqueça o forno a 170ºC.
Unte duas formas de 14cm de diâmetro com manteiga e farinha.
Coloque numa batedeira a manteiga amolecida e bata até que a mesma fique muito macia.
Coloque os restantes ingredientes pela ordem acima mencionada.
Distribua a massa pelas duas formas e leve ao forno reduzindo a temperatura para os 150ºC.
Retire os bolos fazendo o teste do palito.
Enquanto o bolo está no forno poderá fazer a cobertura de mascarpone.
Coloque o mascarpone numa batedeira junatamente com o sumo da lima e bata até que ele fique bem macio. Sem parar a batedeira vá colocando o açúcar. No final junte as semente da baunilha.
Para a montagem:
Deixe arrefecer os bolos por completo. 
Divida cada bolo em duas partes iguais.
Entre cada parte do bolo barre com a compota de laranja.
Cubra o bolo com a mistura de mascarpone e decore a gosto. 
 
O baptizado e um bolo de citrinos Comentários
  1. Lindíssimos os detalhes da festa da tua pequenita Clavel e o vestido é um sonho.
    Também adoro essas tradições que passam de geração em geração e são um dos indicadores de uma família feliz e unida.
    Muitos parabéns pelos detalhes inovadores e pelo bom gosto em tudo.
    Um beijinho e muitas felicidades às tuas duas princesas,
    Lia.

  2. Adorei o post, tão simples, tão leve como só uma criança consegue nos dar 🙂 sei que foi um dia especial para ti e para os teus, onde o sol brilhou para abrilhantar ainda mais a festa linda 🙂 um beijinho grande (mais do que a beleza do vestido, a história por detrás vale ouro 🙂

  3. Que festa linda, parabéns! Também já tive o prazer de trabalhar com a Patrícia e correu sempre tudo muito bem 🙂 Adoro este bolo, mas se dizes que o da Luísa estava melhor, temos de lhe pedir a receita, ehehehe!
    Beijinho
    Teresa

  4. Maria João, como não podia deixar de ser, tudo absolutamente lindo. Desde a decoração à pequena Margarida com o seu tradicional vestido e ao fabuloso bolo carinhosamente feito pela mommy babada.
    Seguramente um dia que ficará registado para sempre na memória. E parabéns 🙂

    1. Não tenho a receita da Luisa. Poderá tentar pedir-lha, se desejar.
      Pode fazer numa só forma, depois tem de cortar a meio o bolo, e talvez seja melhor ser num tamanho um pouco superior, talvez o 20.
      Não percebo bem a pergunta do "reciclada".

      beijinhos,
      Mª João

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *