Hoje agradeço…

Este ano começamos com um projecto em família: fazer um livro dos agradecimentos. E o que é isso ao certo? É um livro, onde todos os dias à hora do jantar eu, o Miguel e a Maria dizemos 3 coisas pelas quais estamos hoje agradecidos. Foi sempre um exercício que a minha mãe fazia connosco. Não em forma de livro, mas sempre nos tentou mostrar as coisas boas da vida, desde uma simples flor que floresce, até ao facto de termos uma casa para viver, comida na mesa, saúde para viver e forças para trabalhar.

Esta ideia do livro surgiu com uma dica no workshop a que fui de parentalidade positiva da minha querida amiga Magda. Ela sugeriu fazer isto com os nossos filhos, de forma a passar os valores importantes. Mas eu levei o projecto mais além. Passou a ser um projecto não só da Maria, mas sim de toda a família. Fazemos praticamente todos os dias, à hora do jantar, onde normalmente estamos juntos (salvo raras excepções). O mais engraçado de tudo é que quando temos visitas em casa não nos inibimos de fazer e todas as visitas participam no nosso livro. Apesar do livro ainda ter só mês e meio, já é muito giro reler os agradecimentos. Acabamos por ter num livro uma colecção de coisas boas diárias. E realmente, há tantas coisas boas que nos acontecem…

O que mais destaco são os dias maus. Sabem? Aqueles dias em que parece que tudo corre mal. Começamos o dia mal porque praticamente não dormimos, depois os filhos fazem uma birra para se vestirem de manhã, fazem birra para o pequeno-almoço… enfim. No final do dia embirramos com o marido, ele também está de mau humor. A bebé não deixou fazer nada ao longo do dia. Enfim, dias maus. E depois chega a hora do jantar. Onde estamos um pouco amuados, os 3 (a bebé não conta!)… e temos de escrever no livro dos agradecimentos. Confesso, não é fácil. Mas conseguimos sempre! Há sempre 3 coisas boas. E, inevitavelmente, o dia passa a ser um pouco melhor.

Eu hoje, aqui no blogue decidi agradecer a uma amiga, que se tem mostrado sempre disponível para me ajudar nos meus projectos e tem sido de uma bondade incrível. A ti Luisa, dedico este post, com uma receita adaptada do teu livro, que gentilmente me ofereceste.

Se ainda não têm o livro da Luisa, Receitas Fáceis, aconselho vivamente. São mesmo receitas fáceis, com ideias maravilhosas para ocasiões especiais. Garanto-vos, que este bolo é uma delícia e é de uma facilidade incrível.

Bolo de chocolate e coco
(receita adaptada do livro Receitas Fáceis, de Luisa Ginoulhiac)

Ingredientes:

6 ovos
2 chávenas de açúcar
2 chávenas de farinha com fermento
1/2 chávena de leite de coco
1/2 chávena de margarina líquida
100g de cacau em pó
1/2 chávena de coco ralado

Preparação:

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo, reserve.
Junte todos os outro ingredientes e bata. Envolva as claras na massa e coloque numa forma previamente untada com manteiga e farinha.
Leve ao forno sensivelmente 20 minutos, ou até o teste do palito sair seco.

No final polvilhe com açúcar em pó.

Eu usei uma forma da Metalúrgica, são fantásticas, super resistentes, desenformam lindamente e são 100% portuguesas.

E vocês? O que têm por agradecer hoje?

Hoje agradeço… Comentários
  1. adorei e reler esse livro deve ser outra coisa pela qual podem agradecer pois deve ser maravilhoso
    parabens por seres quem és e pela familia que tens e por tudo o que tens alcançado
    o agradecimento à Luisa é lindo e merecedor, pois ela, é sem duvida fantástica e eu só estive com ela 1 vez

    eu hoje agradeço:
    ter escutado, várias vezes, a Joana dizer o quanto me ama
    ter tido uma mãe agradecer o trabalho que faço e como o faço
    ter sido, quase, abalroada por um grupo de meninas da primária, que foram, de proposito, mostrar como vinham vestidas porque hoje foi dia de fotografia e ouvir delas que eu sou linda

    o meu coração está sem duvida mais preenchido e tenho a felicidade de ter um trabalho que amo

    a ti, bem haja por te conhecer

  2. Obrigada, João. Não me canso de pensar tantas vezes que és um ser humano especial. És muito querida, mesmo. E não tens que me agradecer nada porque, mentalmente, fazes parte do meu livro de agradecimento. Poder ver-te contente vale muito, para mim.

  3. A Luísa é uma querida e como se pode ver pelo comentário acima, está babada com este lindo agradecimento.
    Como já te disse, tenho por hábito, quando vou dormir, passar revista mental ao meu dia e agradecer as coisas boas e por vezes as menos boas também, que no fim do dia acabam por fazer do dia melhor. Por exemplo: hoje já poso agradecer por estar a chover, o que me levou a vir de carro e apanhar uma fila de transito descomunal pois o centro da cidade está todo em obras. Podia ser muito mau certo? Mas a verdade é que cheguei a horas ao trabalho e o tempo que estive no transito serviu para organizar mentalmente o meu dia. Portanto, ainda estamos no início da manhã e eu já tenho várias coisas para agradecer 🙂

  4. Olá Maria João,
    A gratidão é um sentimento tão importante para o nosso bem estar e paz interior e tão importante ensino-lo às crianças. A ideia do Livro é muito bonita e embora não o faça com a mesma regularidade que a tua família faz, eu também tenho um caderno da gratidão e sinto que me faz muito bem (embora eu, por natureza, seja uma pessoa positiva). Bom fim de semana e muitas felicidades,
    Manuela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *