Lugares mágicos, perfeitos para escapadelas… (parte II)

Ontem falei-vos de um lugar mágico, mas hoje, tal como prometido, falo-vos de uma casa perfeita para levar a família inteira e passar uns dias de férias inesquecíveis. Aqui, no Lugar das Letras, onde só o nome é inspirador, aqui habitamos numa antiga escola primária. Que maravilha!

Quem é da minha geração com certeza andou numa escola parecida com esta. Quando entrei pelos portões do Lugar das Letras as minhas memórias assolaram de imediato. De repente voltei a ter 6 anos… só me apeteceu pular de pedra em pedra, entrar a correr pela porta e gritar “Bom dia, professora!”

Mas o melhor de tudo é entrar na casa, antiga escola, e ainda encontrar o quadro de lousa, poder brincar às professoras com a minha filha. Ter centenas de livros infantis com histórias maravilhosas…. um sofá gigante onde podemos esticar-nos e ler livros sem parar. Entrar em cada quarto e ver a decoração pensada ao pormenor, onde temos livros escolares emoldurados, fichas de alunos, lápis usados, cómodas com letras em madeira… Enfim, é tudo tão bonito, tão bem pensado que entramos numa outra dimensão.

No Lugar das Letras, que se situa perto do Pinhão, mais propriamente em Gouvães do Douro, a paisagem é fenomenal. Não admira que os estrangeiros se encantem pelo nosso Portugal. Muitas vezes esquecemo-nos dele, não valorizamos o que temos, mas acreditem, nós temos dos melhores países do Mundo, senão mesmo o melhor.

Para além de estar localizado acima do monte, com uma paisagem sublime, o serviço é brutal. Mal chegamos fomos recebidos pelo casal Francisco e Maria Manuel Abrunhosa que são de uma simpatia fora de série. Uns verdadeiros anfitriões, que nos deixam completamente à vontade e fazem-nos sentir donos da casa por aqueles dias que por lá passamos.

Fomos brindados com um cabaz fenomenal. Com produtos regionais e sazonais de babar. Oferecidos pela gentil, simpatiquíssima e multilingue Estrela. A Estrela, que todos os dias de manhã nos faz um pequeno-almoço verdadeiramente suculento, delicioso e saudável.

A casa oferece, também, um tablet wi-fi e um telemóvel. Tem internet gratuita em toda a casa. Oferece-nos o cabaz e um jantar. E, acreditem… vão ficar a babar com a comida da Estrela. Nós comemos um empadão de alheira com espinafres escandalosamente bom. E de sobremesa um leite creme queimado… bem… só pensar nisso ía outra vez já hoje, só para o poder comer outra vez. Eu nem sei como não engordei logo 20 kgs.

A 5km da casa temos a cidade do Pinhão, onde temos várias actividades disponíveis. Mas a que mais adorei foi mesmo o Douro à Vela.
Talvez eu tenha mesmo muita sorte, ou então há ainda muita gente maravilhosa. Pois o skipper e dono do veleiro é um verdadeiro gentleman. Oferece-nos umas horas de relaxamento total pelo Rio Douro. 
Embarcamos mesmo na doca do restaurante DOC e depois não há palavras para descrever como é bom navegar ao sabor do vento. Observar a nossa paisagem tão sublime e ainda tivemos a grande vantagem de poder assistir ao pôr-do-sol.
O Douro à Vela, tem ainda a possibilidade de podermos ficar a pernoitar no próprio veleiro e com direito a um jantar romântico a bordo. Nós fomos com a nossa filhota e com uns amigos, mas para quem deseje passar um fim-de-semana ou uns dias românticos estes lugares que vos refiro são o ideal. 
Pois eu já sei o que fazer quando quiser uma segunda lua-de-mel. Aqui ao lado de casa, e com um ambiente do mais romântico que pode existir.

Para mais informações acerca do Lugar das Letras basta enviarem um email ao simpático e cordial Sr. Francisco Abrunhosa ou contactá-lo através do facebook.

Para reservar um passeio mágico com o Skipper mais cool do Douro, basta ligarem para o 918 793 792 ou então contactá-lo através do facebook ou site.

[CONTINUA…]
Como é óbvio não poderia deixar de falar nestes lugares todos sem falar de uma receita que me marcou. Por isso falta ainda esse episódio, ups post…. Aguardem, pois posso garantir-vos que é bem boa! 🙂

Nota: Grande parte das fotografias foram gentilmente cedidas pela querida e doce Paula Almeida.

Lugares mágicos, perfeitos para escapadelas… (parte II) Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *