Concentrado de limão e sabugueiro

Já tenho esta receita pronta para vos trazer há algum tempo. Mas a indecisão de vos mostrar foi grande. Passo a explicar, eu não fiquei nada fã desta bebida. O que tinha ouvido eram maravilhas, e até pensei que talvez eu não tivesse feito alguma coisa bem. Mas não é verdade, eu fiz tudo direito. Só não aprecio o sabor intenso da flor do sabugueiro. Honestamente nem o cheiro intenso delas eu gosto. Mas gostos são mesmo isso, só um gosto pessoal. E depois de muito reflectir, de muito ponderar achei que devia partilhar convosco.

Para além disso a flor de sabugueiro é mágica, tem tantas propriedades que não devemos mesmo descurar. Para além disso, o raio da flor é extremamente fotogénica.

O que aconselho em relação a esta bebida? Se vocês pegarem em flor de sabugueiro e ao cheirar-na ficarem meio enjoados, não façam o concentrado. Se por outro lado, o cheiro não vos incomodar e até vos for agradável façam! Quem aprecia diz até ser das bebidas favoritas, por isso vale a pena tentar, não é?

As propriedades medicinais da flor de sabugueiro são imensas, e por isso aconselho a leitura deste artigo.

Limonada de flor de sabugueiro
(receita adaptada do livro The Green Kitchen)

Ingredientes:

30 flores de sabugueiro (cada flor é considerada a cabeça, que tem muitas flores pequeninas)
4 limões lavados cortados às fatias
1 chávena de açúcar amarelo
1,5 L de água a ferver

Preparação:

Abane bem as flores para retirar qualquer bichinho que esteja nas flores.
Retire as flores pequeninas de todas as cabeças das flores dos sabugueiros.
Coloque numa taça de metal as flores e as rodelas de limão em camadas.
Ferva a água com o açúcar até que o açúcar se dissolva bem.
Junte a água fervida, mas já arrefecida, às flores e ao limão.
Deixe ficar por 48 horas no mínimo.
Pelo menos uma vez por dia mexa e abane a taça.

Passadas as 48 horas coe muito bem o preparado. Eu usei um pano de algodão limpo para coar. E coloque o preparado em garrafas.
Na altura de servir a proporção é de 1 para 6. 1 porção de concentrado para 6 de água.
Pode juntar água, ou água com gás. Junte gelo e já tem o refresco de limão e flor de sabugueiro.

Concentrado de limão e sabugueiro Comentários
  1. Não sei também se gostarei… não sou muito apreciadora de sabores fortes.
    E como tu dizes… gostos, são pessoais! 🙂
    Mas valeu pelas fotografias lindas!
    Beijinhos
    Cláudia

  2. Eu adoro o aroma da flor de sabugueiro, tanto em concentrados, como nas águas tónicas (fica fabuloso no gin). É uma pena ser tão difícil de encontrar…
    Só fiz uma vez mas a receita que sigo é a da Fernanda Botelho, que sabe tudo tudo sobre ervas e plantas aromáticas e cujo trabalho conheci através da Pipoka do Three Fat Ladies.
    Podes ver a receita dela no blogue da Pipoka, apenas com 4 flores e 60 g de açúcar, que é bem mais leve. 30 flores parece-me mesmo demasiado tendo em conta a intensidade do aroma da flor de sabugueiro e dá para reduzir bastante o açúcar, porque uma chávena são para aí uns 200g…
    Deixo-te aqui o link, faço exactamente como está na receita:
    http://threefatladies.blogspot.pt/2013/06/refresco-de-flor-de-sabugueiro.html
    Bj*

  3. Eu sou sincera é um sabor que não aprecio, mas não há nada como experimentar para vermos se gostamos. Acontece a toda a gente fazer uma determinada receita que não apreciamos muito! Obrigada pela partilha!

  4. Eu tb nunca provei. A gelatina que eu fiz da Miss Dahl era dessa flor, mas eu usei chá! Não sou dada a cheiros estranhos mas pronto.. só se pode dizer que não gosta depois de provar! beijos e sim as fotos estão bem lindas, fizeste bem em postar 🙂

  5. Eu ainda não conheço, só mesmo a flor.
    E sim, é linda e fotogénica 🙂 fizeste bem em postar, deu-me vontade de querer conhecer e descobrir.
    Mesmo que depois não goste. Que lindas as garrafinhas.
    Um beijinho.

  6. Honestamente não acho que não conheço o sabor, ou pelo menos não me recordo. Seja como for, essa flor é absolutamente linda e as tuas fotos, como sempre, maravilhosas.
    Adoro as garrafinhas, recordam-me aquelas garrafas lindas das pharmacias 😀

  7. nunca provei, portanto não faço ideia se gosto. Mas pelo menos as fotografias são lindas (como sempre) e fazem parecer tudo delicioso. Sinto-me bem tentada a, pelo menos, cheirar as flores de sabugueiro!

  8. Olá Clavel,
    Que pena que não gostaste. Olha eu adoro e uso muitas vezes o concentrado que aqui chamam de cordial mas estive a ler o comentário da Susana e acho que ela é capaz de ter razão em relação ás quantidades, até porque o que costumo comprar aqui é muito mais claro que esse que fizeste…
    Bom, de qualquer maneira, sabes que podes usar o concentrado em centenas de sobremesas e ficam muito boas. basta procurares na net e vais ver que encontras montes de sugestões.
    Beijimnhos,
    Lia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *