Não quero mais ninguém constipado!

Cada dia que passa, gosto mais deste meu cantinho. O que começou por ser um bloco de notas digital para que eu pudesse partilhar com a família e amigos, passou a ser um espaço onde partilho com Portugal e Brasil (essencialmente) inteiros. E, por isso, este meu cantinho deixa de ser meu e passa a ser nosso. Sim, meu e vosso, de quem me lê. E ao pensar em vocês comecei a criar novas rubricas. A rubrica do livro da semana, a rubrica do instagram e até desabafos ou informações novas e úteis que acho que fazem sentido partilhar convosco. Se vocês repararem agora na newsletter podem inscrever-se nas rubricas que mais gostam, já viram?

E por causa desta partilha imensa, recebi um email de uma leitora muito simpática que me escreveu palavras verdadeiramente queridas e que me deixaram emocionada. Vocês se calhar não sabem, mas às vezes recebo emails fantásticos e são eles que me dão força a continuar e a querer ser cada vez melhor e ter ainda mais informações para vos dar. 
Voltando ao email da leitora, ela dizia-me que o seu filhote de 3 anos anda constantemente constipado. Tem uma constipação crónica e que já foi operado às adenóides e aos ouvidos e que continua igual. Nesse email ela perguntava se eu teria algum remédio poderoso e milagroso. Grande responsabilidade a minha, hein? 🙂
Claro que eu não faço milagres, nem sou nenhuma curandeira. Mas lembrei-me logo deste remédio caseiro que li mesmo há muito pouco tempo, no Green Kitchen Stories (um dos meus blogues favoritos) e em quem eu confio muito. E os ingredientes que contém mal não fazem, antes pelo contrário, pelo que te digo: “Experimente, querida!” 
Este xarope é forte, e um pouco picante. Podem juntá-lo em chás para o amenizar, se forem corajosos, tomem uma colher de chá assim, bem concentrado.
Mas antes da receita, vamos relembrar o poder destes ingredientes:
Gengibre: tem efeitos antibióticos, ajuda à digestão, é um poderoso desentoxicante, ajuda no combate às infecções e inflamações, dor nas articulações, na circulação, nas náuseas (também nas náuseas derivadas da gravidez) e enjôo. O sabor é maravilhoso e pode ser usado em imensas coisas, como sumos, smoothies, resulta lindamente em molhos, compotas de frutas e sobremesas. Adoro temperar carne e peixe com ele. é sem dúvida um elemento obrigatório cá em casa. Compra-se em praticamente todo o lado, seja em pó, ou mesmo em tubérculo.
Cúrcuma: a cúrcuma é um antioxidante muito forte e tem sido usado como medicina tradicional ayurvédica ao longo da história. É considerada uma erva que limpa todo o corpo, especialmente no fígado. Ela é utilizada para suportar a digestão, o tratamento da febre, infecções e inflamações. O ingrediente activo na cúrcuma é chamado curcumina e tem provado ter efeitos similares como medicamento anti-inflamatório. Cúrcuma e pimenta preta fazem um par extremamente poderoso. A pimenta preta ajuda a aumentar a biodisponibilidade da curcumina por milhares de vezes. Cúrcuma tem um ligeiro sabor amargo, mas combina muito bem com outros sabores.
Pólen: é uma das mais ricas substâncias biológicas. Ele contém em si a maior parte dos elementos indispensáveis à vida na terra. Todos os aminoácidos existentes as células vivas foram encontrados no pólen, bem como uma das mais ricas gamas vitamínicas (de origem biológica). Antioxidante natural, e por isso ajuda no combate às inflamações e infecções, inclusive as de origem respiratória.
Xarope de cúrcuma, gengibre e mel 
(receita adaptada do blogue Green Kitchen Stories)
Ingredientes:
(faz 130ml, cerca de ½ chávena de chá)
120 ml de mel biológico de rosmaninho
2 cm de gengibre ralado fresco (se quiser mais forte junte mais 1 cm)
2 c. de chá de cúrcuma em pó (cúrcuma é também conhecido por açafrão das índias)
1 c. de chá de pólen
Raspa de 1 limão
2 pitadas de pimenta preta
Preparação:
Misture todos os ingredientes. caso ache que está forte demais junte 2 colheres de sopa de água, se achar que poderá ficar mais intenso junte mais gengibre. Guarde o xarope num frasco fechado e guarde no frigorífico durante 1 mês.
Este xarope pode e deve ser adicionado ao vosso chá favorito. É uma excelente forma de adoçar o chá, ajudando assim a combater as constipações e gripes. 
Não quero mais ninguém constipado! Comentários
  1. Antes de mais, deixa-me dizer que te tenho visto crescer e que realmente o tens feito de forma primorosa em todos os sentidos. Adoro visitar este teu cantinho e adoro a dedicação que demonstras em tudo o que partilhas… és das minhas 😉
    Quanto ao remédio, acredito que a alimentação e tudo o que comemos contribuem em grande escala para o nosso bem estar em todos os aspetos e por essa razão julgo que estes pequenos remédios caseiros podem ser mesmo milagrosos.
    Grande beijinho

  2. Eu bem que desconfiei! 😉 Fiz o xarope do gks a semana passada, andava com a garganta a arranhar e digo-te é quase milagroso! É mesmo poderoso e ainda por cima sabe tão bem com chá! gosto da tábua amarela, beijinho

  3. Olá Maria João!
    Gosto cada vez mais deste teu espaço, sobretudo estas rubricas sobre saúde. Estás de parabéns e espero que continues por aqui muito tempo.
    Uma pergunta: onde posso comprar pólen?! Existe à venda em lojas de produtos naturais?! Vivo em Aveiro e cá não temos muita oferta nesse sentido.
    Um beijinho

  4. Podias ter dito mais cedo… Passei um fim de semana HORRÍVEL! Bem doentinha 🙁
    Obrigada pela dica… Vou mesmo fazer este xaropinho 🙂 a minha garganta ainda pede!
    Beijinhos

    ps: onde se compra cúrcuma? Numa qualquer ervanária?

  5. É sempre surpreendente o que nos vais ensinando. Já tinha lido os beneficios da curcuma e uso muitas vezes gengibre e mel, mas nunca imaginei que os pudesse juntar e fazer um xarope milagroso. Fantástico. 🙂

  6. Boa receita, a ter em casa pois por aqui as constipações e dores de garganta são constantes ( o Inverno não ajuda…)
    Gostava imenso de saber onde comprar estes produtos milagrosos: Ervanárias?
    Bjs

  7. Olá Mª João, sou leitora assídua e gosto muito do teu blog, cada vez mais. Adorei o xarope e quando houver constipação por aqui, vou experimentar com toda a certeza.
    Bjinhos e continuação de bom trabalho.

  8. Fotos maravilhosas!
    O xarope até podia ser ruim de tomar , mas as fotos enganariam qualquer um.
    Gostei di blog e vou seguir. Se quiseres dá uma espiadela no meu ( a qualidade das fotos está muitos furos abaixo, mas acho que compenso pela qualidade das receitas!)

  9. Olá Clavel,
    Eu já tinha visto esta pomada lá no GKS e tinha achado bem interessante e vou fazer vou, pois a minha "english rose" anda sempre constipada e em vez dos xaropes cheios de açúcar da farmácia, vou experimentar dar-lhe este. Gostei desta tua versão!
    Beijinhos,
    Lia.

  10. Qual é o xarope com a cor mais linda do mundo qual é? É o teu sim senhora, adorei o resultado final e espero que ajude muita gente.. por mais estranho que pareça ainda não me constipei este ano, sou mesmo ruim!

  11. Quando vi esta receita lembrei-me dos xaropes caseiros que a minha avó fazia quando éramos cachopitos. Ela ainda é viva, mas os seus quase 91 anos já não a permitem recordar-se de tudo. Vou ver se a minha mãe se lembra de alguns para partilhar convosco. Esta daria uma rubrica muito engraçada. O baú das memórias é que é capaz de nos trazer alguma nostalgia. Bem, quanto a esta receita, parece-me ter tudo de bom: servirá para prevenir e também para ajudar a curar. Nunca utilizei esta combinação de ingredientes, mas costumo fazer chá de gengibre para a rouquidão e dor de garganta. E resulta. Quem mo sugeriu foi uma professora de canto ucraniana que leciona na minha escola.
    Beijinhos
    Patrícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *