Leite de amêndoa

Já há muito, muito tempo que tinha esta receita na lista “to do”. Vi a primeira vez no maravilhoso blogue da Sarah Britton, My New Roots. Ela tem um vídeo fantástico onde explica direitinho como se faz leite de amêndoa ou outro fruto seco (ela diz quais podem ser). O vídeo é este.

E hoje, finalmente, fiz o leite e estou completamente rendida. É delicioso e não nos deixa com aquela sensação de peso no estômago. Tomei café com leite… não me lembro da última vez que tomei uma meia de leite, pois eu ficava sempre mal disposta. E hoje tomei e soube-me pela vida. Que bom!!
E é tão fácil fazer, acreditem, vale mesmo a pena experimentarem.

Leite de amêndoa

Ingredientes:

1 chávena de amêndoas*
4 chávenas de água

Preparação:

Coloque as amêndoas em água. Deixe ficar de molho durante 8 horas (faça antes de se ir deitar e no dia seguinte de manhã estão prontas a usar).
Coloque as amêndoas escorridas num liquidificador ou num robot de cozinha e coloque 4 chávenas de água. Moa tudo durante, sensivelmente, 30 segundos na potência máxima.
Depois coe para um frasco ou um jarro com a ajuda de um saco fino (pode usar uma t-shirt velha, ou umas meias de vidro – lavadas! eheheh). Coe muito bem, espremendo para sair todo o leite das amêndoas. Está pronto.
Aguenta entre 2 a 3 dias no frigorífico.

*Eu usei amêndoas peladas, mas entretanto fui informada que devemos usar com pele, pois se se compram peladas são escaldadas e levam outros tratamentos industriais que matam a amêndoa… é impossível conseguirmos germinar uma amêndoa pelada, já não tem vida (informação dada pela grande Joana do Le Passe Vite, e ela é quem sabe!). Por isso façam com amêndoas com pele, depois de demolhar a pele retira-se facilmente.

Nota: Porque demolhamos as amêndoas? As amêndoas são sementes e, normalmente, os frutos secos são um pouco indigestos. Se as demolharmos antes fazemos com que a digestão se torne mais fácil, tornando o fruto muito mais digesto. Para além disso, imaginem só, uma amêndoa / semente tem o poder de se tornar uma árvore! Para isso temos de a acordar, certo? E como fazemos isso? Regando-a. Por isso, ao demolhar as amêndoas, estamos a despertar a semente e estamos a fazer com que todos os nutrientes fantásticos dela sejam activados. É fantástico, não é?

Leite de amêndoa Comentários
  1. Por acaso acho mesmo fantástico. Normalmente só preparo este tipo de leites aos fim de semana. A vantagem de usar o caju é que não ficamos com desperdício 🙂

    Mas a amêndoa ralada pode depois ser utilizada inúmeras receitas!

    1. A informação não estava 100% correcta. Aqui a questão é que ao comprar já peladas significa que foram escaldadas e por isso a semente foi morta, por isso é que o ideal é demolhar com a pele, para aproveitar todos os nutrientes.

      Beijinhos

  2. Óptima ideia. Costumo comprar um leite de avelã delicioso que é capaz de se poder fazer assim. Já está arquivado nos meus "must do". Leite e café pode ser terrivelmente indigesto, por isso deixei de beber meias-de-leite com o próprio, só com soja. Primeiros estranhei e agora só gosto assim.

  3. Fantástico mesmo! Ando há imenso tempo para experimentar, porque ultimamente fico com dificuldade a digerir o leite de vaca. E um leite destes morno pela manhã que começa fria, deve ser mesmo bom! E super fácil de fazer, andei a ver no outro dia 🙂 hehe lava bem as meias clavel!!
    Um beijinho.

  4. É magnifico não é?! Há muito que deixei o leite de vaca. O meu preferido é o de avelã. E também gosto tanto de bebê-lo com café, é delicioso o sabor da avelã com o café, tens de experimentar! beijinho

  5. Obrigada pela dica. Eu sabia que se podia fazer, à semelhança do leite de soja, mas não imaginava que fosse tão simples. Vou experimentar e Partilhar. Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *