Abóbora hokkaido recheada e uma ode à amizade!

Isto de ter um blog de culinária tem muito que se lhe diga. Começou por ser uma partilha do “meu” caderno de receitas com os meus amigos. Depois, mais tarde, comecei a ficar mais entusiasmada com as fotografias, comecei a usar uma lente 50mm que o meu irmão me emprestou e fiquei a “conhecer” outras bloggers. Hoje acho que já se tornou tanto uma paixão assolapada como uma obsessão. Já faço as minhas próprias tábuas de madeira, já penso nas receitas como funcionarão a nível fotográfico e só depois imagino a diversidade de sabores… enfim… o processo criativo é uma roda viva e isso faz-me ansiar pelo momento em que posso cozinhar, fotografar e posteriormente partilhar, para ansiosamente saber o que vocês acham, se gostaram, se têm dúvidas. Enfim… adoro cada vez mais este meu cantinho.

E isso transforma, também, as minhas idas ao supermercado, mercearias e frutarias. E desta vez foi isto mesmo que aconteceu, passei pelas abóboras e vi esta, linda, maravilhosa. Imaginei-a recheada com carne, ou com uma sopa de abóbora, ou até mesmo com uma salada quente. Não conhecia as abóboras hokkaido, foi a primeira vez que as vi, mas como disse neste post, a descoberta começou a fazer parte do dia-a-dia e a vida assim tem muito mais piada. Comprei-a e posso garantir-vos que será para repetir a compra. É deliciosa.
E, também, como este cantinho fez com que eu conhecesse pessoas fantásticas, a querida Teresa do Lume Brando, disse-me para eu experimentar a abóbora também em saladas (que fica mesmo bem!! a Teresa sabe o que diz!). E, por isso, é que a vêm cortada ao meio, pois um pedaço foi para a salada!

• Abóbora hokkaido recheada com couscous •

Ingredientes:

1 abóbora hokkaido
30g de couscous
50g de bacon às tiras
4 cogumelos portobello
2 dentes de alho
1 pacote de chá de citrinos
1c. de sopa de oregãos
sal q.b.
pimenta preta
azeite extra virgem
queijo mozzarela

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Abra a abóbora com uma tampa. (Eu dividi a meio porque utilizei uma parte para fazer a salada abaixo). Coloque a abóbora no forno (a parte para a salada não vai ao forno) temperada com um fio de azeite e sal. Deixe ficar durante 10 minutos.
Ferva água com o saquinho de chá. Coloque o couscous numa taça com sal e pimenta. Cubra-o exactamente com a mesma medida do couscous o chá fervido. Deixe repousar, até a água ser absorvida pelo couscous.
Numa frigideira coloque o alho partido finamente, o azeite e uma pitada de sal. Deixe o alho alourar e coloque os cogumelos fatiados aos pedaços, o bacon e os oregãos. Deixe refogar um pouco e junte ao couscous.
Retire a abóbora do forno e recheie com o preparado de couscous. Cubra com queijo e leve ao forno até o queijo ficar tostado.

Salada com abóbora hokkaido e microvegetais Life In a Bag

Ingredientes:

4 folhas de alface
1 mão cheia de coentros
1/2 pimento veremelho
2 fatias de abóbora hokkaido às fatias muito fininhas
4 nozes partidas aos pedaços
Microvegetais de rabanetes q.b.
Azeite extra virgem
Vinagre balsâmico
Sal q.b.

Preparação:

Corte em juliana a alface e os coentros. Parta aos cubos o pimento. Misture todos os ingredientes e tempere com os molhos. É simplesmente deliciosa. A abóbora é adocicada, fica mesmo boa em saladas.

—♥—

Gostaria de dedicar este post a 3 meninas que têm sido uma verdadeira descoberta. 3 meninas que me motivam diariamente, que puxam por mim, que são verdadeiras fontes de inspiração.
Obrigada por estarem desse lado, obrigada por serem minhas amigas.
Esta abóbora é vossa: Inês, Sandra e Naida!! Love you, girls!

Abóbora hokkaido recheada e uma ode à amizade! Comentários
  1. Olá Mª João! Que post mais lindo. E sabe tão bem ler toda essa paixão e garra pelo blog, a sério, e digo isto porque o teu blog é mesmo bom, as tuas partilhas são fantásticas e sempre uma descoberta e seria uma pena se não fosses tu a autora, porque realmente tens muito bom gosto. Receita fantástica e imagens maravilhosas. 😉
    Beijinho.

  2. Que post lindo querida!
    A abóbora é a coisinha mais linda, nunca provei essa.
    A tábua azulinha está um encanto. E tu és a coisa mais fofa, sim? 🙂
    Adorei as tuas palavras, e agora vou saborear a amizade.
    Um beijinho.

  3. Gostei imenso da emoção que transparece do teu texto. É bem verdade, as saídas para as comprar fazem-nos mesmo por o cérebro a trabalhar sobre o que se vai fazer, combinações possíveis e depois todo o pormenor da reportagem fotográfica. É mesmo uma obsessão que eu tento controlar. Apesar de viver nos Açores e de só conhecer as bloggers locais (com exceção da Isabel, do Cinco Quartos de Laranja, com quem já tive o prazer de almoçar) vejo que a nível do continente português a blogosfera no campo da culinária é um mundo muito rico e diverso.
    Só te posso dizer que aprecio tudo quanto fazes pois vejo que tudo fazes com gosto.
    Um abraço.
    Patrícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Nome *